arquivo

galeria paulica santos

Não dá para negar, tem trabalhos que ganham um espaço especial no coração! Eu, ainda bem, sempre acabo me envolvendo com um deste tipo.

Minha paixão do momento é um livro infanto juvenil chamado “Vento no Rosto” e o projeto tem como tema a educação sem violência.

A história  é uma criação coletiva de 12 meninos e meninas com idades entre seis e 13 anos da comunidade da Maré, todos participantes do projeto Esporte, Cultura e Cidadania da Fiocruz, que é desenvolvido pelo Promundo, com financiamento da Save the Children.

O conto aborda questões como obediência, punição, deveres, direitos e obrigações de cada membro da família e o diálogo entre eles. “Nossa ideia é que o livro seja um instrumento de diálogo entre pais e filhos. Entendemos que as crianças são sujeitos de direitos, o que não significa pensá-las como pequenos adultos, mas considerar seus sentimentos, desejos e percepção do próprio mundo. Esperamos que os adultos percebam que as crianças têm ideias que precisam ser levadas em conta quando se trata de decidir os rumos de sua própria vida”, explica Letícia Serafim, coordenadora de comunicação do Instituto Promundo e uma das redatoras do livro.

Eu fui chamada pela Letícia para dar cores e formas a esta linda história. Confiram abaixo o resultado:

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

ImagemImagemImagemImagem

Anúncios